Just another free Blogger theme

Tecnologia do Blogger.

Feed

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner


Videos

Loading...

Seguidores

Blog Archive

Postagens populares

13 março 2013


1)           (VIGILANCIA AMBIENTAL-PMA-CETAP-2012) Antes do consumo, a água deve passar por um processo de tratamento para adequar aos padrões de potabiblidade estabelecidos. Sobre o tratamento por irradiação ultravioleta Não se pode afirmar que:
A) visa o combate a bactérias em águas subterrâneas, como Escherichia Coli e as aeromonas.
B) são voltadas para aplicação após a filtração com uso de carvão ativado
C) são voltadas para substituição da pós-cloração
D) para uma boa eficiência da irradiação ultravioleta a água deve estar isenta de partículas em suspensão ou material orgânico e inorgânico.
E)além de desinfetante, a irradiação ultravioleta reduz odor e sabor, sendo também utilizada na oxidação do ferro e manganês para eliminação da cor.

Radiação UV (Ultra-Violeta): amplamente utilizada na área de purificação de água, tem a única desvantagem de exigir energia elétrica permanente e também é um sistema que não apresenta efeito residual. Por outro lado não acrescenta nada à água em termos de resíduos. A água simplesmente passa por um sistema de radiação que não fica na água. A desinfecção de dá por passagem continua da água.

A desinfecção por ultra-violetas é um processo físico de desinfecção de água para consumo, baseado na emissão de radiação num comprimento de onda de 254 nm, de efeito germicida, que inativa os microorganismos presentes na água, permitindo uma desinfecção eficiente, com as vantagens de não serem adicionados produtos químicos à água e de não haver riscos de sobredosagem.

A radiação UV é eficaz na inativação de organismos, como a Giardia e Cryptosporidium.

A radiação UV, produzida por uma lâmpada de vapor de mercúrio, penetra na parede celular de um microorganismo, destruindo a sua estabilidade genética, e consequentemente, a sua capacidade reprodutiva. Deste modo inviabiliza-se a sua capacidade de causar infecções nos organismos humanos.
A eficiência da desinfecção por este método situa-se nos 99,99%.

2)           (Vigilancia Sanitária-PMA-CETAP-2012) Em um sistema de abastecimento de água, a decantação consiste no processo de retenção dos agrupamentos de flocos formados na etapa da floculação. Os decantadores têm quatro partes, uma em especial que recebe o material sedimentado, denominado de:
A) Zona de pressão
B) zona perfurada
C)zona de sedimentação
D) zona de oligotrófica
E)zona de lodo

Sedimentação ou decantação.

A água contendo os flóculos de impurezas segue diretamente para os decantadores ou tanques de sedimentação.

Trata-se de tanques enormes através dos quais a água se desloca lentamente, chegando a ficar retida durante cerca de quatro horas, tempo suficiente para que os flóculos formados - compostos de lamas, argila e microrganismos - se sedimentem, uma vez apresentam densidade maior que a da água.

O material sedimentado acumula-se no fundo do tanque, formando um lodo gelatinoso, que periodicamente é removido pela parte inferior para que não comprometa a boa qualidade da água

3)           (Vigilancia Sanitária-PMA-CETAP-2012) A desinfecção da água passou a ser utilizada a partir das descobertas da teoria microbiana por Pasteur, utilizada para eliminar os microrganismos da água que podem ser patogênicos. Sendo assim a Recloração tem como objetivo:

A) a desinfecção da água com garantia de cloro resildual livre ou combinado através do sistema de distribuição de água.
B) a desinfecção da água através do sistema de distribuição, pela manutenção de um residual de cloro livre ou combinado, quando o sistema é complexo e longo.
C) aumentar a eficiência da filtração, auxiliando a ação dos leitos pela oxidação de materiais organicos, porventura, ainda presentes na lavagem.
D)promover o controle de algas e microrganismos
E)manter o teor mínimo de cloro residual livre a 0,2mg/L após a desinfecção.

Art. 34. É obrigatória a manutenção de, no mínimo, 0,2 mg/L de cloro residual livre ou 2 mg/L de cloro residual combinado ou de 0,2 mg/L de dióxido de cloro em toda a extensão do sistema de distribuição (reservatório e rede).

4)           (TÉCNICO AMBIENTAL I-COPEL-2012-PUC-PR) Sobre o tratamento de água, pode-se afirmar:
I. A flotação é recomendada para mananciais com presença de algas.
II. A flotação é um processo químico na ETA.
III. Na flotação é gerado lodo de fundo.
IV. A unidade de flotação está depois da unidade de decantação em uma ETA convencional.
V. Flotação não é uma unidade das Estações de Tratamento.
A) Apenas as assertivas I, II e IV são verdadeiras.
B) Apenas as assertivas I e III são verdadeiras.
C) Todas as assertivas são verdadeiras.
D) Apenas a assertiva I é verdadeira.
E) Apenas a assertiva II é verdadeira.
5)           (TÉCNICO AMBIENTAL I-COPEL-2012-PUC-PR) Segundo Braga et al, os processos de tratamento de  esgotos podem ser classificados em função dos meios empregados na remoção ou transformação do efluente e de acordo com o grau de eficiência obtido por um ou mais dispositivos de tratamento. Partindo dessa colocação, é possível afirmar que são etapas de um sistema de tratamento efluentes, segundo sua eficiência:
A) Remoção de material miúdo, remoção de sólidos, remoção de óleos e graxas e desinfecção.
B) Tratamento preliminar, tratamento primário, tratamento secundário e tratamento avançado.
C) Remoção de odores, controle de doenças transmissíveis, remoção de substâncias orgânicas.
D) Tratamento preliminar, remoção de sólidos grosseiros em suspensão, remoção de nutrientes, cloração.
E) Remoção de DBO, remoção de odores, cloração, tratamento avançado.
6)           (TÉCNICO AMBIENTAL I-COPEL-2012-PUC-PR) A unidade de Fluoretação existente nas Estações de
Tratamento de Águas (ETA´s) para consumo humano
tem:
I. Caráter preventivo, com vistas a garantir a saúde da população.
II. Caráter preventivo, para evitar a corrosão dos sistemas de distribuição da água.
III. Caráter corretivo da qualidade da água durante o tratamento.
IV. Unidade dispensável nas ETA`s convencionais.

A) Apenas a assertiva I está correta.
B) Apenas as assertivas I, II e III estão corretas.
C) Apenas as assertivas IV estão corretas.
D) Todas as assertivas estão corretas.
E) Apenas a assertiva II está correta.

Sem comentários!
.
7)           (TÉCNICO AMBIENTAL I-COPEL-2012-PUC-PR) O Controle de qualidade das águas pode ser feito:
I. Baseado na Portaria nº 518/2004, quando o controle da qualidade da água justificar-se na distribuição para consumo humano.
II. Baseado na Resolução CONAMA nº 357/2005, quando o controle da qualidade da água justificar-se na distribuição para consumo humano.
III. Baseado na Portaria nº 36/1990, quando o controle da qualidade da água justificar lançamento de efluente nos recursos hídricos.
IV. Baseado na Resolução CONAMA nº 237/1990, quando o controle da qualidade da água justificar a definição do manancial de abastecimento de água.
Marque a alternativa CORRETA:

A) Apenas a assertiva I é verdadeira.
B) Apenas as assertivas I, II e III são verdadeiras.
C) Apenas as assertivas I e II são verdadeiras.
D) Todas as assertivas são verdadeiras.
E) Apenas a assertiva II é verdadeira.

Em 2000 ocorreu a revisão da Portaria GM nº 36/1990 que culminou com a publicação da Portaria MS nº 1469, de 29 de dezembro de 2000. O Centro Nacional de Epidemiologia (Cenepi), por meio da Coordenação Geral de Vigilância em Saúde Ambiental (CGVAM), era o responsável pela atualização da Norma e também pela sua implementação em todo território nacional. Em 2003, foi criada a Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) no Ministério da Saúde, que assumiu as atribuições do Cenepi, as quais anteriormente pertenciam à Funasa (Fundação Nacional de Saúde). Em virtude dessa nova estruturação, a Portaria MS nº 1469/2000 foi revogada, passando a vigorar a Portaria MS nº 518/2004 e hoje revogada pela Portaria 2914/2011

8)           TÉCNICO AMBIENTAL I-COPEL-2012-PUC-PR) A conclusão do relatório do técnico do Laboratório de Análise Ambientais da Estação de Tratamento de Águas constatou algumas questões com relação aos resultados dos parâmetros de qualidade da água para tratamento e abastecimento. Avalie o que se diz sobre essas questões e, em seguida, marque a alternativa CORRETA:

I. O aumento do valor de turbidez é um indicativo de existência de erosão nas margens do rio.
II. A leitura da cor verdadeira caracteriza a presença de sólidos suspensos na água, reduzindo a qualidade da água.
III. A turbidez pode reduzir a eficiência da cloração.
IV. As partículas de turbidez transportam matéria orgânica absorvida, o que pode provocar sabor e odor.
A) Apenas as assertivas I e III são verdadeiras.
B) Apenas a assertiva I é verdadeira.
C) Apenas as assertivas I, III e IV são verdadeiras.
D) Todas as assertivas são verdadeiras.
E) Apenas a assertiva IV é verdadeira.

Já comentamos em sala de aula!!!

9)           (TÉCNICO AMBIENTAL I-COPEL-2012-PUC-PR) O ciclo da água, mais conhecido como ciclo hidrológico, representa o percurso da água desde a atmosfera, passando por várias fases, até retornar de novo à atmosfera.
Sobre o ciclo da água, assinale a alternativa CORRETA.
A) A maior ou menor proporção do escoamento superficial em relação à infiltração é influenciada fortemente pela presença ou ausência da cobertura vegetal.

B) O ciclo hidrológico engloba basicamente as seguintes fases: precipitação, escoamento superficial, fotossíntese e infiltração.

C) O recarregamento dos lençóis freáticos ocorre principalmente através do escoamento superficial.

D) A infiltração é responsável pela formação dos córregos, rios e lagos. (nascente que formam os rios e lagos)

E) Em áreas impermeabilizadas o escoamento superficial apresenta uma taxa menor que a do fenômeno da infiltração.
10)         (TÉCNICO AMBIENTAL I-COPEL-2012-PUC-PR) A determinação dos parâmetros biológicos em laboratório é de fundamental importância para se verificar a qualidade de uma amostra de água. No entanto, indicar a presença de agentes patogênicos em uma amostra é extremamente difícil, por isso convencionou-se utilizar indicadores de contaminação fecal.
Sobre esse tema, analise as afirmativas:
I. Os principais indicadores de contaminação fecal são: coliformes totais, coliformes fecais, estreptococos fecais.
II. Os coliformes apresentam-se em grande número apenas no trato intestinal humano e de outros animais de sangue quente, sendo eliminados em grandes concentrações pelas fezes.
III. A presença de coliformes na água indica poluição, com o risco potencial da presença de organismos patogênicos.
IV. Os organismos mais comumente utilizados para tal finalidade são as bactérias do grupo coliforme.
V. As técnicas bacteriológicas para a detecção de coliformes em laboratório são lentas e caras.

É(são) CORRETA(S) a(s) afirmativa(s):

A) Apenas a I, II, III e IV.
B) Apenas a I, II e III.
C) Apenas a I.
D) Apenas a I e III.
E) Apenas a II.

11)         (TÉCNICO AMBIENTAL I-COPEL-2012-PUC-PR) A microbiologia é o ramo da biologia que trata dos microorganismos. Alguns microrganismos são de interesse na área ambiental.
Sobre esse tema, julgue as assertivas abaixo:
I. Os microorganismos são fundamentais para a transformação da matéria dentro dos ciclos biogeoquímicos.
II. Os microorganismos são responsáveis pela degradação da matéria orgânica no tratamento de efluentes.
III. Na compostagem aeróbia, a decomposição é realizada por microorganismos que só vivem sem a presença de oxigênio.
IV. Durante a degradação da matéria orgânica, as bactérias, na presença de oxigênio, convertem a matéria orgânica em compostos simples e inertes, como água e gás carbônico.
V. No processo de compostagem anaeróbia dos resíduos, a decomposição é realizada por microorganismos que só podem viver em ambientes com a presença de oxigênio.

A) Apenas as assertivas I, III e V são verdadeiras.
B) Apenas as assertivas I, II e IV são verdadeiras.
C) Apenas as assertivas I, III e IV são verdadeiras.
D) Apenas as assertivas I, II e V são verdadeiras.
E) Apenas a assertiva V é verdadeira.
12)         (AGENTE DE OPERAÇÃO DE SISTEMA DE SANEMANTO-FAPERP-2012) A canalização das unidades de um sistema convencional de esgotamento sanitário, localizada nos fundos de vale, margeando cursos d’água ou canais, responsável pelo transporte dos esgotos gerados nas sub-bacias, evitando que os mesmos sejam lançados nos corpos d’água, é chamada de:
a) coletor.
b) interceptor.
c) coletor-tronco.
d) emissário.

13)         (AGENTE DE OPERAÇÃO DE SISTEMA DE SANEMANTO- FAPERP -2012) O inciso IV, artigo 15, da Portaria MS n.º 2914 de 12/12/2011 , dispõe que compete ao responsável pelo fornecimento de água para consumo humano, por meio de veículo transportador, assegurar que a água fornecida contenha um teor mínimo de cloro residual livre em mg/L,de:
a) 0,1 0.
b) 0,30.
c) 0,50.
d) 0,70.
14)         (AGENTE DE OPERAÇÃO DE SISTEMA DE SANEMANTO- FAPERP -2012)
As figuras de I a IV ilustram alguns dos processos usados na estação de tratamento de água para abastecimento público.
 
Considerando as figuras assinale a alternativa que apresenta a ordem correta de operações desse sistema:
a) I, II, III, IV.
b) II, III, IV, I.
c) III, II, I, IV.
d) IV, III, II, I.

15)         (AGENTE DE OPERAÇÃO DE SISTEMA DE SANEMANTO- FAPERP -2012) A vazão ou descarga que expressa a relação entre a quantidade de água ou efluente transportados em um período de tempo, tem sua grandeza expressa em litros por hora (L/h) . Para converter essa unidade para litros por segundo (L/s) deve-se:
a) dividir por 1 000.
b) multiplicar por 1 000.
c) dividir por 3600.
d) multiplicar por 3600.


16)         (AGENTE DE OPERAÇÃO DE SISTEMA DE SANEMANTO- FAPERP -2012) As doenças de veiculação hídricas provocadas por agentes via oral, via cutânea e agentes químicos são, respectivamente:
a) cólera, metomoglobinemia, esquistossomose.
b) conjuntivites, febre tifoide, saturnismo.
c) hepatite infecciosa, leptospirose, metemoglobinemia.
d) gastroenterites infantis, fluorose, otites

17)         (AGENTE DE OPERAÇÃO DE SISTEMA DE SANEMANTO- FAPERP -2012) É um coagulante líquido de coloração vermelho acastanhada produzido pela dissolução de minério de ferro (hematita) ou sucata de ferro em ácido clorídrico, seguido de oxidação por cloro gasoso. É uma das soluções químicas mais oxidantes, capaz de dissolver ferro, cobre, chumbo, níquel, mercúrio, estanho, cobalto, alumínio e magnésio. Tem a grande vantagem de promover a floculação em uma faixa mais ampla de pH, quando comparado a outros coagulantes:
a) hidróxido de sódio.
b) cloro gasoso.
c) sulfato de alumínio.
d) cloreto férrico.
18)         (AGENTE DE OPERAÇÃO DE SISTEMA DE SANEMANTO- FAPERP -2012) No processo de tratamento de água para abastecimento público, qual é o produto utilizado para adsorver substâncias odoríferas ou coloridas da água em caso de proliferação de algas no manancial de captação da água?
a) carvão ativado.
b) cal hidratada.
c) sulfato de alumínio.
d) soda cáustica.
19)         (AGENTE DE OPERAÇÃO DE SISTEMA DE SANEMANTO- FAPERP -2012) A frequência mínima de amostragem para desinfecção ou  filtração lenta, feita preferencialmente no efluente individual de cada unidade de filtração para fins de atendimento do percentual de aceitação do limite de turbidez, conforme Anexo II da Portaria 2914/11 do Ministério da Saúde, é:
a) a cada 2 horas.
b) diária.
c) semanal.
d) mensal.
Artigo 30
§ 3º O atendimento do percentual de aceitação do limite de turbidez, expresso no Anexo II a esta Portaria, deve ser verificado mensalmente com base em amostras, preferencialmente no efluente individual de cada unidade de filtração, no mínimo diariamente para desinfecção ou filtração lenta e no mínimo a cada duas horas para filtração rápida.
20)         (AGENTE DE OPERAÇÃO DE SISTEMA DE SANEMANTO- FAPERP -2012) A figura ilustra a circulação de água na Terra, conhecido como “ciclo hidrológico”.
O mecanismo de transferência da água superficial do estado líquido para o gasoso, e que depende da temperatura e da umidade do ar, denomina-se:
a) precipitação.
b) escoamento superficial.
c) infiltração.
d) evaporação.

21)         (AGENTE DE OPERAÇÃO DE SISTEMA DE SANEMANTO- FAPERP -2012) Assinale a alternativa que se refere ao tratamento de esgotos domésticos que objetiva a remoção de sólidos sedimentáveis e e parte da matéria orgânica, onde predominam os mecanismos físicos de remoção de poluentes:
a) preliminar.
b) primário.
c) secundário.
d) terciário.

TRATAMENTO PRIMÁRIO

Apesar do esgoto apresentar ligeiramente aspecto mais razoável após o pré-tratamento, possui ainda, praticamente inalteradas, as suas características poluidoras. Inicia-se então o tratamento propriamente dito. A primeira fase de tratamento é designada por tratamento primário, onde a matéria poluente pode ser separada da água por sedimentação. Após o tratamento primário, a matéria poluente que permanece na água é de reduzida dimensão, normalmente constituída por colóides (pequenas partículas), não sendo por isso passível de ser removida por processos exclusivamente físico-químicos.

22)         (AGENTE DE OPERAÇÃO DE SISTEMA DE SANEMANTO- FAPERP -2012) É o principal produto químico desinfentante de cor amarelo esverdeada, mais denso do que o ar, utilizado nos processos de tratamento de águas para abastecimento público, produzido pela eletrólise do Cloreto de Sódio:
a) cloro gasoso.
b) sulfato de alumínio.
c) ácido fluorsilícico.
d) hidróxido de sódio.

23)         (AGENTE DE OPERAÇÃO DE SISTEMA DE SANEMANTO- FAPERP -2012)  Assinale a alternativa que se refere ao processo de tratamento de esgotos a nível secundário, em que o sistema é considerado mecanizado:
a) lagoa de estabilização.
b) lodos ativados.
c) lagoa facultativa.
d) reator anaeróbio.

O processo de lodos ativados consiste em se provocar o desenvolvimento de uma cultura microbiológica na forma de flocos (lodos ativados) em um tanque de aeração,que é alimentada pelo efluente a tratar.
Neste tanque, a aeração tem por finalidade proporcionar oxigênio aos microorganismos e evitar a deposição dos flocos bacterianos e os misturar homogeneamente ao efluente. Esta mistura é denominada "licor". O oxigênio necessário ao crescimento biológico é introduzido no licor através de um sistema de aeração mecânica, por ar comprimido, ou ainda pela introdução de oxigênio puro.
O licor é enviado continuamente a um decantador (decantador secundário), destinado a separar o efluente tratado do lodo. O lodo é recirculado ao tanque de aeração a fim de manter a concentração de microorganismos dentro de uma certa proporção em relação à carga orgânica afluente.
O sobrenadante do decantador é o efluente tratado, pronto para descarte ao corpo receptor.
O excesso de lodo, decorrente do crescimento biológico, é extraído. do sistema sempre que a concentração do licor ultrapassa os valores de projeto. Este lodo pode ser espessado e desidratado, tendo como aplicação o uso em agricultura(adubo orgânico).

24)         (Engenharia Sanitária | Prova: ESAF - 2002 – MPOG) - Analista de Planejamento e Orçamento – Superior Em uma estação de tratamento de água, deseja-se ajustar a dosagem de cloro para garantir um residual de cloro livre na rede de distribuição de água, de forma a atender às normas e padrão de potabilidade de águas destinadas ao consumo humano válidos em todo o território brasileiro. Sendo assim, em termos de Portaria do Ministério da Saúde, o ajuste da dosagem de cloro na estação

a) deve ser de tal forma que haja uma dosagem de cloro mínima de 0,2 mg/L .
b) deve permitir que a concentração de cloro residual livre na rede de distribuição seja maior do que 2,0 mg/L, para garantir eficiência da desinfecção.
c) deve proporcionar que a concentração total de trihalometanos na água distribuída seja maior do que 0,1 mg/L.
d) deve proporcionar uma concentração mínima de 3 mg/L de cloraminas, caso tenha-se optado pela desinfecção por cloro residual combinado.
e) deve proporcionar uma concentração mínima de cloro residual livre em qualquer ponto da rede de distribuição de 0,2 mg/L.

25)         (Engenharia Sanitária | Prova: ESAF - 2002 – MPOG) - Analista de Planejamento e Orçamento – Superior
Sobre os sistemas de esgotos sanitários, é incorreto afirmar que

a) a atual norma brasileira de projeto de sistemas de esgotos sanitários utiliza o critério da tensão trativa, que é definida como uma tensão tangencial exercida sobre a parede do conduto pelo líquido em escoamento, que atua sobre o material sedimentado, promovendo o seu arraste.
b) se pode permitir o lançamento de efluentes industriais na rede pública de esgotos sanitários, se tomados os cuidados adequados.
c) as tubulações da rede, dos interceptores e dos emissários são considerados no projeto do sistema de esgotos sanitários como condutos forçados, em todas as condições de funcionamento.
d) a regra geral é de que o serviço seja executado de jusante para montante, com as bolsas dos tubos voltadas para montante, no assentamento das tubulações de esgotos sanitários.
e) o projeto das redes e interceptores de esgotos sanitários deve levar em conta os critérios que minimizem ou eliminem a formação de sulfetos e possibilitem a ação de autolimpeza.
26)         (Engenharia Sanitária | Prova: ESAF - 2002 - MPOG )- Analista de Planejamento e Orçamento - Superior
É correto afirmar que

a) um dos problemas dos aterros sanitários é a proliferação de vetores, como ratos, moscas, mosquitos e baratas.
b) a desvantagem dos aterros sanitários em relação a algumas outras alternativas de disposição e tratamento de resíduos sólidos urbanos é que não é possível o aproveitamento ou recuperação da energia contida nos resíduos.
c) se assume conceitualmente que ocorre nos aterros sanitários a degradação anaeróbia do material orgânico bruto, com geração de gás.
d) normalmente a produção de gases nos aterros sanitários é tão pequena que não há necessidade de construção de sistemas de drenagem dos gases.
e) os líquidos provenientes dos aterros sanitários são produzidos em pequena quantidade e não contêm altas concentrações de poluentes, de forma que não se necessita prover seu tratamento.

27)         ( Engenharia Sanitária | Prova: ESAF - 2002 - MPOG )- Analista de Planejamento e Orçamento - Superior
Acerca do processo de pirólise no tratamento de resíduos sólidos urbanos, é incorreto afirmar que

a) é possível no processo de pirólise transformar o resíduo em gases, líquidos e sólidos com características químicas diferentes das do resíduo.
b) a pirólise é um processo endotérmico (absorve calor)
c) por meio da pirólise é possível produzir combustíveis gasosos e líquidos, além de um tipo de alcatrão e materiais fundidos que podem servir para a construção de pavimentos.
d) a temperatura e pressão, no reator de pirólise, são mantidas muito altas, nas faixas de 500 a 1600 °C e 1 a 70 atmosferas, respectivamente.
e) o emprego do processo de pirólise para o tratamento do lixo urbano é muito difundido em todo o mundo em função do seu baixo custo operacional.

Definição
Através da pirólise a matéria orgânica pode ser convertida em diversos subprodutos. Segundo M. da S. Pinto, o material pirolisado pode ser dividido em três grupos:
·  Gases, compostos por hidrogênio, metano e monóxido de carbono;
·  Combustível líquido, composto por hidrocarbonetos, álcoois e ácidos orgânicos de elevada densidade e baixo teor de enxofre;
·  Um resíduo sólido, constituído, por carbono quase puro (char) e ainda, por vidros, metais e outros materiais inertes (escória).
Os processos pirolíticos são endotérmicos, ao contrário do processo de gaseificação ou de incineração; é pois necessário fornecer externamente calor ao sistema para que a reação de pirólise aconteça.
Quando um gás é aquecido a temperaturas elevadas há mudanças significativas nas suas propriedades. A cerca de 2 000 ºC, as moléculas do gás começam a dissociarem-se em estado atômico. A 3 000 ºC, os átomos são ionizados pela perda de parte dos elétrons.
Este gás ionizado é chamado de plasma.
O plasma é uma forma especial de material gasoso que conduz eletricidade. É conhecido como o "quarto estado da matéria" (sólido, líquido, gasoso e plasma).

No estado de plasma o gás atinge temperaturas extremamente elevadas que podem variar de 5 000 a 50 000 ºC de acordo com as condições de geração
28)         .( Engenharia Sanitária | Prova: ESAF - 2002 - MPOG )- Sobre o processo de compostagem, é incorreto afirmar que
a) no processo de compostagem são necessários equipamentos sofisticados e a manutenção da cultura de microorganismos responsáveis pela condução do processo é muito delicada e feita em ambiente controlado para posterior inoculação nos resíduos.

b) compostagem é um processo biológico aeróbio e controlado de transformação de resíduos orgânicos em um material estabilizado que é chamado de composto.
c) existem quatro fases na compostagem, sendo que na primeira fase ocorre a elevação da temperatura sem nenhuma fonte externa de calor, o que pode levar algumas horas ou até alguns dias.
d) os resíduos sólidos, na compostagem pelo processo de leiras de viramento (processo windrow, sofrem triagem e a parcela de matéria orgânica não-aproveitável é triturada e encaminhada para o pátio de disposição das leiras.
e) a vermicompostagem é um tipo de compostagem no qual se utilizam minhocas para digerir a matéria orgânica, provocando a sua degradação e a aeração do sistema.
29)         ( Engenharia Sanitária | Prova: ESAF - 2002 – MPOG) - Analista de Planejamento e Orçamento – Superior
Segundo a legislação ambiental brasileira,

a) os resíduos sólidos perigosos podem ser transportados livremente no território nacional.
b) não está prevista nenhuma obrigatoriedade em relação à destinação final dos pneumáticos inservíveis existentes no território nacional.
c) as pilhas e baterias que contenham chumbo, cádmio, mercúrio e seus compostos, após o seu esgotamento energético, devem ser reutilizadas, recicladas, tratadas, ou ter disposição final adequada, sob a responsabilidade do fabricante ou importador.
 d) ainda é permitida, embora de forma transitória, a disposição final de resíduos sólidos nos chamados "lixões", que são os lançamentos a céu aberto.
e) é obrigatória a incineração de resíduos portadores de agentes patogênicos, inclusive os provenientes de estabelecimentos hospitalares e congêneres.

30)         ( Engenharia Sanitária | Prova: ESAF - 2002 – MPOG) - Analista de Planejamento e Orçamento - Superior
Não fazem parte de um sistema de drenagem urbana

a) os ramais prediais e as caixas de gordura.
 b) os poços de visita e as tubulações conectoras.
c) as caixas de ligação e as galerias.
d) as bacias de detenção e os bueiros.
e) as bacias de dissipação e de detenção.

31)         (Companhia Pernambucana de Saneamento / COMPESA-IPAD)Trata-se de uma técnica pela qual os microrganismos transformam a matéria orgânica, como estrume, folhas, papel e restos de comida, em um material semelhante ao solo, rico em húmus, que pode ser utilizado como adubo. Que técnica estamos descrevendo?
A) Incineração.
B) Compostagem.
C) Lixiviação.
D) Reutilização.
E) Reciclagem de chorume.

32)         (Companhia Pernambucana de Saneamento / COMPESA-IPAD) Grandes concentrações de populações humanas frequentemente proporcionam espaços favoráveis à proliferação de doenças. Os problemas de saúde abaixo são diretamente agravados por condições inadequadas de saneamento, higiene, moradia e tratamento de água, com exceção de:
A) esquistossomose
B) ascaridíase (lombrigas)
C) cólera
D) aids
E) peste bubônica

33)         (AUXILIAR DE SANEAMENTO - PREFEITURA MUNICIPAL
DE VÁRZEA GRANDE-MT) partir do século XX, depois da ocorrência de diversos surtos de doenças de veiculação hídrica e com o avanço do conhecimento científico, tornou-se necessário o desenvolvimento de recursos técnicos,e mais tarde legais, que, de modo objetivo, traduzissem as características que a água deveria apresentar para ser considerada potável. Assim, a qualidade da água para consumo humano passou a ser estabelecida por:
A) insipidez do fluido.
B) transparência líquida.
C) inexistência de cor e odor.
D) padrões de potabilidade.
E) correção de pH.

34)        (AUXILIAR DE SANEAMENTO - PREFEITURA MUNICIPAL
DE VÁRZEA GRANDE-MT) Durante séculos, a qualidade da água não foi considerada fator restritivo, embora os aspectos estéticos possam ter influenciado na escolha da fonte. Restringindo o tratamento para aplicação residencial, qual o método mais eficaz?
A) Desinfecção.
B) Coagulação.
C) Decantação.
D) Fluoretação.
E) Fervura.

35)        (AUXILIAR DE SANEAMENTO - PREFEITURA MUNICIPAL
DE VÁRZEA GRANDE-MT) Na Idade Média, os serviços de saneamento não receberam grande atenção. As cidades cresceram e a falta de água e de coleta de esgoto criou situações incômodas e perigosas para a saúde, com ocorrência de endemias e proliferação de pestes. Os trabalhos para melhorar a salubridade das cidades recomeçaram nos séculos XIV e XV, e pode-se dizer que a moderna engenharia sanitária começou em 1815, na Inglaterra, e se desenvolveu após a epidemia de cólera em 1831. A importância do sistema de abastecimento de água pode ser considerada nos seguintes aspectos:

A) sanitários, sociais e econômicos.
B) éticos, econômicos e sanitários.
C) econômicos, sociais e éticos.
D) sociais, ético e sanitários.
E) apenas sanitários e sociais.
36)        (AUXILIAR DE SANEAMENTO - PREFEITURA MUNICIPAL
DE VÁRZEA GRANDE-MT) Os esgotos são compostos por constituintes físicos, químicos e biológicos. Como são classificados os efluentes de esgoto?
A) Primário e secundário.
B) Orgânico e inorgânico.
C) Doméstico e industrial.
D) Comtransporte hídrico e sem transporte hídrico.
E) Individual e coletivo


37)         (AUXILIAR DE SANEAMENTO - PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA GRANDE-MT) O destino do lixo é diferente, de acordo com cada tipo de resíduo que o constitui. Entretanto, o destino mais comum que se dá para qualquer resíduo no Brasil são os chamados “Lixões”. Em aproximadamente 70% das cidades brasileiras, os resíduos ainda são jogados neste destino final. 13% dos municípios destinam seus resíduos a aterros sanitários, e 17%, em aterros controlados. Menos de 10% dos municípios brasileiros realizam coleta seletiva e reciclagem. Cada lixo recebe um tipo de tratamento.
Qual tipo de lixo é enviado para compostagem?
A) Orgânico.
B) Hospitalar.
C) Inorgânico.
D) Séptico.
E) Tóxico.
38)         (AUXILIAR DE SANEAMENTO - PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA GRANDE-MT) O lixo comum e entulhos devem ir para aterros sanitários quando não há mais a possibilidade de reciclagem ou reutilização. Os aterros sanitários são basicamente locais onde os resíduos são confinados no solo, livre do contato com o ar e cobertos com uma camada de terra. Qual método de evitar contaminação do ambiente?
A) Uso de produtos químicos que acelerem a decomposição.
B) Drenagem e impermeabilização.
C) Incineração.
D) Compostagem.
E) Alojado sem barris.

39)         (AUXILIAR DE SANEAMENTO - PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA GRANDE-MT) O lixo Domiciliar vem das residências, constituído por restos de alimentos (tais como, cascas de frutas, verduras etc.), produtos deteriorados, jornais e revistas, garrafas, embalagens em geral, papel higiênico, fraldas descartáveis e uma grande diversidade de outros itens. Contém, ainda, alguns resíduos que podem ser tóxicos. Hoje, cada brasileiro produzem média 500 g de lixo por dia, e, dependendo do lugar que mora e de seu poder aquisitivo, pode chegar a mais de 1 kg. Sua composição média é de 25% de papel, 4% de metal, 3% de vidro, 3% de plástico e 65% de matéria orgânica. O que é acondicionamento?
A) É a colocação dos resíduos sólidos no interior de recipientes apropriados, revestidos, que garantam sua estanqueidade, condições de higiene, e sua posterior estocagem ou coleta.
B) É o conjunto de atividades para remoção dos resíduos sólidos.
C) Consiste na guarda dos recipientes de resíduos em abrigos externos até a realização da coleta.
D) Consiste na guarda temporária dos recipientes contendo os resíduosemabrigos internos.
E) É o local destinado ao armazenamento temporário e a higienização dos recipientes contendo os resíduos de serviços de saúde.

40)         (AUXILIAR DE SANEAMENTO - PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA GRANDE-MT)  O lançamento de esgoto, mesmo tratado, em corpos d'água pode resultar na poluição destes últimos. Com relação aos nutrientes nitrogênio e fósforo, presente no esgoto bruto e nos efluentes de vários processos de tratamento, destaca-se o problema de eutrofização, tendo as seguintes causas:
A) toxicidade das algas e aumento das navegações.
B) diminuição dos custos de tratamento de água e diferenças no valor comercial dos peixes.
C) aumento da mortandade de peixes e maior dificuldade no tratamento de água.
D) excesso de matéria orgânica e facilidade no tratamento de água.
E) diminuição da matéria orgânica e aumento dos custos no tratamento de água.

41)         (AUXILIAR DE SANEAMENTO - PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA GRANDE-MT)  A água é poluída por um grande ramo de produtos, podendo ser divida pelas suas características como poluição pontual ou poluição difusa. Como classificamos os agentes contaminantes?
A) Microscópicos, macroscópicos e radioativos.
B) Orgânicos, inorgânicos e físicos.
C) Químicos, físicos e radioativos.
D) Biológicos, radioativos e orgânicos.
E) Físicos, biológicos e químicos.



Reações:


Olá Pessoal pessoal se você gostou da postagem me mande um email para sugestão ou perguntas fmbacelar@gmail.com

0 comentários:

Postar um comentário

Segue alguns símbolos, caso necessitem utilizá-los:
____________________________________________


α β γ δ ∆ λ μ Ω ο ρ φ χ ψ ξ ε η θ π ∂ ∑ ∏ ℮ אօ ∞ ℝ ℕ ℚ ℤ Ø f◦g
½ ¼ ¾ ½ ⅓ ⅔ ⅛ ⅜ ⅝ ⅞ ² ³ ¹ º ª ₁ ₂ ₃ ₄ ≈ ≠ ≡ ∀ ∃ ⇒ ⇔ → ↔
∈∋∧ ∨ ⊂ ⊃ ∩ ∪ − + × ± ∓ ÷ √ ∛ ∜ ⊿∟ ∠→ ↑ ↓ ↕ ← ≤ ≥
outros
√ ∇ ∂ ∑ ∏ ∫ ≠ ≤ ≥ ∼ ≈ ≅ ≡ ∝ ⇒ ⇔ ∈ ∉ ⊂ ⊃ ⊆ ⊇ \ ∩ ∪ ∧ ∨ ∀ ∃ ℜ ℑ

Postagens Relacionadas